quinta-feira, 12 de março de 2009

Garatujas e rabiscos...O que representam?


Alguns alunos às vezes perguntam o porquê do hábito deles próprios, ou muitas pessoas, ficarem rabiscando uma folha enquanto conversam ao telefone ou pessoalmente. Perguntam também se esses rabiscos ou garatujas têm algum significado, se podem ser interpretados... Lembram do “risque-rabisque” que muitas pessoas costumam ter nas suas mesas de trabalho?

Existem pessoas que rabiscam círculos, outras cubos, outras setas, etc. O que isto quer dizer, psicológica ou grafologicamente?

Diferentemente do que se pensava até então, fazer garatujas ajuda a pessoa a concentrar-se em algo que pode ser prazeroso ou mesmo aborrecido e a memorizar os seus devaneios ou a escuta que possa estar acontecendo num telefone, por exemplo.

Isto ficou demonstrado numa experiência desenvolvida pela psicóloga Jackie Andrade, da Universidade de Plymouth, através da qual, pessoas que fizeram garatujas enquanto escutavam a um telefonema aborrecido, recordaram 29% mais detalhes, do que outro grupo que se limitou a escutar.

Isto sugere que, na vida diária, fazer garatujas enquanto se ouve algo pode ser o modo de manter a atenção numa tarefa as vezes aborrecida em vez de uma distração desnecessária que devemos evitar, concluiu Jackie Andrade, ao comentar os resultados da experiência, publicada na revista “Apllied Cognitive Psychology”.

Segundo a psicóloga, a explicação é simples: “as pessoas tendem a sonhar acordadas quando escutam algo aborrecido” e algo tão elementar, como fazer garranchos, pode ser suficiente para por fim a esta insônia sem afetar a atenção que se deve prestar à tarefa principal.

As formas dessas garatujas, por sua vez, podem indicar uma série de componentes mentais e ajudar na interpretação dos signos que não deixam de ser gráficos.

Assim, fazer espirais pode ser indicativo de que a pessoa não gosta de estar sozinho e gosta de se destacar no grupo social. Já desenhar setas pode indicar uma idéia fixa, tendo-se ai, também, uma série de interpretações a partir da direção dessas setas: se para baixo e para a esquerda, falam de coisas que já passaram; se apontam para a direita, indicam futuro, etc. Desenhar cubos revela pessoas criativas, produtivas; linhas retas querem indicar pessoas produtivas, entusiastas, enquanto linhas curvas ou sinuosas indicam que alguma coisa mexeu com você... Percebam as semelhanças com a Simbologia do Espaço Gráfico de Max Pulver!

Portanto, fazer rabiscos enquanto se ouve um telefonema ou se faz devaneios ajuda a concentrar-se, contrariamente ao que se pensava até então.

Prof. Eduardo Evangelista

7 comentários:

Newton Mota disse...

Ahahaha! Hora de reanalisar as minhas garatujas e rabiscos. Meu parabéns, Du... Show de bola!

Suely Diniz disse...

Eu sempre ficava imaginando o porque das pessoas agirem assim. Agora já sei!!
Muito obrigada por mais esta informação.
Um abraço!!

Mariza Carla disse...

Obrigada por mais uma informação a nos agregar, vc é genial. Adorei o texto, é algo bem comum ao nosso dia-a-dia, pois observo esse gesto na mesa dos meus colegas, e agora compreendo melhor esse hábito.
Valeu.

Carla Borges disse...

Professor,Bom saber que meus rabiscos tem um significado
Parabéns pelo seu Blog, muito rico em conhecimento.

J-U-L-I-A-N-A disse...

Professor, Existe algum livro específico que fale sobre essas garatujas?Obrigada, Juliana Benevides julianabenevides@gmail.com

Liliane disse...

Prof Eduardo, muito obrigada pelo esclarecimento...depois q comecei o curso de Grafologia ficava imaginando o que poderia ser estes rabiscos...
Um forte abraço,
Liliane

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny